Blog Conexos
Software de Comércio Exterior

Software de Comércio Exterior: 6 razões para usar

Uma empresa atuante no Comex, executa diversos processos que necessitam de um software de comércio exterior específico para auxiliar nas atividades operacionais e de gestão para questões internas como departamento pessoal, financeiro e etc. Um solução ideal para atender essas empresas, é um Software de Comércio Exterior, totalmente integrado, de um único fornecedor. 

Afinal, com o grande número de possibilidades e mudanças oriundas do acelerado desenvolvimento tecnológico que vivenciamos é impossível sobreviver no mercado sem o uso de tecnologias atuais.

No mercado de comércio internacional, então, ainda mais relevante pensar que é necessário utilizar tecnologia de ponta para não apenas estar no mercado como estar no mercado de forma competitiva.

Desta forma, torna-se imprescindível o uso de um sistema que seja compatível não só com as necessidades do seu negócio, que você identifica por estar dentro da sua empresa e ter noção do que acontece ali, como também um sistema compatível com o que há de mais relevante no mercado.

Afinal, quanto mais o uso de um software melhora sua dinâmica de trabalho, mais ele tende a influenciar também o seu posicionamento no mercado, frente a seus clientes e também a seus concorrentes.

Clientes Conexos Cloud são a prova mais viva que se pode ter desta situação: quanto mais eles confiam no desenvolvimento tecnológico e fazem por onde aplicar as melhores práticas em seus negócios, adotando software em cloud, por exemplo, um dos grandes diferenciais do Conexos, mais eles se destacam no mercado e crescem!

Quer saber como utilizar um software de comércio exterior para fazer seu negócio deslanchar de vez e da forma correta?

Então confira o conteúdo deste artigo e faça contato conosco que tiramos todas as suas dúvidas!

Boa leitura!

Software de Comércio Exterior
Software de Comércio Exterior

Independente do número operações e da possibilidade de trabalhar diversas ações direto no Portal Siscomex, é necessário colocar na ponto do lápis alguns fatores como a necessidade de controle, o nível de exigência do seu cliente em receber informações (velocidade, precisão, qualidade, etc) e principalmente a complexidade do seu processo. Analisando tudo isso, de fato um i-ERP completo é necessário.

O ideal é pensar no seu negócio de forma escalável, associado às características do mercado, e por conta disto adotar o melhor software de comércio exterior que você puder!

Afinal, um software de comércio exterior é o primeiro passo para controle absoluto de suas operações, documentação e troca de informações!

O número de operações pouco importa quando se tem o total controle de relatórios e follow-up’s. Um i-ERP completo proporciona organização para uma empresa expandir e entender que existem diversas perspectivas sobre o que significa crescer.

Por isso é importante refletir sobre diferentes aspectos como aumentar a receita, reduzir custos, aumentar margem de lucro, fazer mais com menos e entre outros, são aspectos que se enquadram no que significa crescer. Em todos esses, um bom Software de Comércio Exterior irá te ajudar.

Software de Comércio Exterior

Um Software de Comércio Exterior, deve ir além de fazer DI, LI, solicitação de numerário e gestão de processos, ele deve fazer a gestão do negócio como um todo de forma estratégica, para saber sobre lucro gerado, margem por serviço, gestão de gastos, controladoria e etc.

Por isso vamos citar 6 razões para você começar a usar um Software de Comércio Exterior completo o quanto antes:

1) Software de Comércio Exterior para Crescer de forma organizada 

Começar um negócio de forma organizada, para ter uma visão clara dos seus gargalos, onde é importante investir ou desinvestir,  ter números seguros para entender a sua empresa desde o início, garantindo uma transparência da gestão. Visualizar a submergem por serviço/cliente, compreender  dados importantes para tomar medidas concretas para aumentar a rentabilidade da sua empresa.

2) Software de Comércio Exterior: Estar inserido em um mercado maduro

O mercado brasileiro de Comércio Exterior com todos os investimentos do governo federal em parceria com a sociedade civil organizada, está caminhando a passos largos para o modelo adotado nos países de primeiro mundo: maior transparência, menos burocrático, mais simples e mais dinâmico.  

Novos players com operações globais presentes em grandes contas, as quais geralmente são fechadas com as matrizes no exterior em contratos globais. Grandes concorrentes estão cada vez mais organizados e investindo em tecnologia e treinamentos para garantir um serviço de elevado nível para o cliente. Um mercado mais maduro com risco da insegurança jurídica reduzido

INTEGRAÇÃO DE SOFTWARES

3) Software de Comércio Exterior: Ganho de produtividade com automação

Um outro fator que determina a necessidade de um software de comércio exterior e é de extrema importância é o ganho de produtividade, pois dele decorrem diversos ganhos indiretos, inclusive aumento do lucro.

Com o uso de robôs é possível automatizar aproximadamente 75% das atividades manuais de um  processo. Isso representa redução de falhas humanas, otimização do tempo disponível da sua equipe para ser investido na comunicação com o cliente

Os robôs do software de comércio exterior Conexos Cloud atuam de forma sincronizada, fazendo leitura e envio de dados para plataformas externas, periodicamente e de forma integrada entre eles, buscando automação ao extremo, deixando para os analistas somente os pontos de decisão mais relevantes para a equipe. 

Um outro ganho interessante são as críticas sistêmicas, que são as validações feitas com dados cruzados de diversas fontes obtidas dentro do processo, gerando alertas para o analista prestar a devida atenção em situações que podem gerar multas ou problemas mais sérios. 

4) Melhoria na qualidade e nível de serviços

A qualidade para o cliente é o principal foco das empresas, para se manterem competitivas no mercado. Utilizar uma plataforma que disponibilize o recurso de follow-up onde o seu cliente pode consultar e acompanhar o andamento dos processos em tempo real, contribui para elevação dos serviços oferecidos. 

Toda atualização deve ser feita de forma consciente, elegendo prioridades e informando a quem é de interesse cada fato relevante, buscando condensar o máximo possível de informações num único canal ou e-mail, destacando os dados e eventos mais importantes.

Mas esse recurso informativo deve ser adotado com muito cuidado, para não se tornar inoportunos. 

5) Ter uma gestão de faturamento mais fácil e segura

Alguns controles não podem faltar num software de comércio exterior e o primeiro deles é a gestão dos gastos.

Esse informação auxilia nos custos operacionais, fluxo de caixa para entender onde estão os recursos financeiros necessários para acelerar o seu negócio, gestão sobre o seu faturamento, despesas gerais e principalmente os gastos nos processos que precisam ser repassados para o cliente. 

O recurso de gestão empresarial de faturamento a partir de um software que trabalha de forma automática é muito valioso, pois auxilia nas decisões de desembolso financeiro, para ampliar a relação com o banco ou investidores.

Ter uma visão clara das causas e consequências dos gastos, para não ficar no prejuízo.

6) Redução de custos

Uma consequência das demais razões citadas acima, etilizar um software de comércio exterior ajuda a para ganhar eficiência, automatizar processos, reduzir falhas humanas, aumentar a rentabilidade e etc, significa que esse é o caminho que gera crescimento e então reduzir custos.

Adotar um software moderno, que roda em plataformas em ambiente cloud, em um mercado cada vez mais transparente é vital para o seu negócio.

Dúvidas sobre Software de Comércio Exterior? Conheça o Conexos Cloud:
Software de Comércio Exterior

Receba grátis o melhor conteúdo de COMEX!

Uma newsletter intuitiva e completa sobre comércio exterior e logística.

Adicionar Comentário