Blog Conexos
comércio internacional

Comércio Internacional: 10 dicas sobre Trading Companies

Trafegar no Comércio Internacional não parece uma tarefa fácil, e de fato não é. No entanto, existem empresas capazes de auxiliar e dar suporte sobre as inseguranças que as empresas pouco ou nada internacionalizadas podem ter na hora de importar e exportar: as Trading Companies.

Seja para adquirir produtos de outros países ou conseguir clientes para negociar em moeda estrangeira a fim de potencializar seus ganhos, a quantidade de detalhes e burocracia para fazer acontecer é enorme.

Então, vamos explorar o interessante mundo dessas entidades com alcance mundial e ficar atentos a 10 dicas e vantagens sobre o que considerar a respeito delas.

O que fazem as Trading Companies?

As Trading Companies são aquelas empresas que facilitam e dinamizam o comércio internacional entre uma determinada empresa e os fabricantes. No Brasil, elas seguem os requisitos da Portaria SECEX nº 23.

O que fazem de melhor é a conexão entre vendedores e compradores de países diferentes, fazendo assim minimizar os obstáculos do Comércio Internacional.

Do mesmo modo que elas são capazes de, entre muitas outras atribuições:

  • realizar importação e exportação de produtos de diversos fornecedores;
  • atuar em vários mercados;
  • reduzir custos operacionais; e
  • atender várias demandas de clientes em razão de seu acesso a uma extensa variedade de produtos.

As Trading Companies atuam em operações por Conta e Ordem e por Encomenda, e em ambos os casos as empresas envolvidas precisam ter o RADAR (Sistema Ambiente de Registro e Rastreamento da Atuação dos Intervenientes Aduaneiros) ativo.

comércio internacional

Sendo assim, é possível decidir em conjunto, com transparência e apoio da Trading Company, qual a melhor opção possível.

Por que escolher operar através das Trading Companies?

Porque são empresas que cuidam desde o sourcing até a chegada da mercadoria no armazém do seu cliente final.

Elas têm uma visão ampla, assim como integrada, das várias etapas que envolvem as negociações em Comércio Internacional.

Costumeiramente são utilizadas por produtores ou importadores de pequeno e médio porte que estão começando a se internacionalizar, que buscam desbravar de maneira assistida o mercado mundial assim como quase nunca têm um departamento de comércio internacional estruturado.

As Trading Companies, nesse sentido, conseguem realizar toda a gestão do processo de Comércio Internacional ao:

  • garantir uma boa classificação fiscal da mercadoria;
  • gerir os embarques e toda a complexa cadeia logística;
  • negociar em volume tanto com fornecedores quanto com clientes; e
  • até realizar o despacho aduaneiro.

Essa amplitude de envolvimento nas etapas das operações ainda lhes confere uma assertividade ímpar nos custos e no controle de cada processo.

Também possuem um forte poder de negociação, pois conhecem em detalhes determinado mercado e prestam serviços com a qualidade necessária para fazer uma operação acontecer da melhor maneira possível.

Quais as dicas sobre Trading Companies?

Sendo inúmeras as vantagens em optar por operações com Trading Companies, é importante atentar para algumas dicas. Essas empresas certamente podem ser as melhores aliadas para sua empresa abrir-se para o mundo.

Elencamos 10 delas a seguir:

1. Localização das Trading Companies

Geralmente estão localizadas em estados que ofertam regimes especiais de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), por exemplo, como Espírito Santo e Santa Catarina. Dessa maneira, conseguem repassar o benefício ao cliente final.

Estarem geograficamente instaladas em um local estratégico as colocam na rota mais frequente do trânsito mundial. Ou seja, é essencial o fácil acesso a portos, aeroportos e recintos alfandegados no geral.

Por isso, não são raras as Trading Companies que possuam pelo menos um escritório em outras partes do mundo.

2. Volume de negócios

Possibilidade de adquirir quantidades específicas de determinada mercadoria (MOQ – Minimum Order Quantity) e adaptar-se ao porte da empresa.

A capacidade de acessar vários clientes e fornecedores em determinado país possibilita um mix de aquisição e venda quase nunca possível em negociações pontuais, únicas e diretas.

Como operam constantemente com outros prestadores de serviços envolvidos em todo o processo de Comércio Internacional acabam tendo um poder de negociação maior com agentes de carga, taxas de portos, aeroportos, transportes rodoviários e até na parte financeira.

3. Garantia de processo de importação ou exportação

As Tradings Companies costumam dispensar atenção redobrada nos processos em que estão envolvidas.

comércio internacional

É comum que elas realizem pesquisa de idoneidade de clientes e capacidade de solidez de fornecedores, tanto técnica quanto comercialmente.

Conforme necessidade e complexidade do produto, costumam providenciar inspeções de produção e pré-embarque, além de cuidar de toda a negociação logística.

4. Rede de fornecedores

Estão sempre pesquisando alternativas viáveis para os seus clientes e em contato com o mundo.

Por isso acabam, de diversas maneiras, criando uma rede de contatos robusta, especializando-se em determinado produto e mercado. Isso as permite proporcionar uma oferta de variedade muito maior de mercadorias e minimizar a probabilidade de falta delas.

São capazes de desenvolver um verdadeiro pool de compras, o que impacta diretamente na qualidade final das operações.

5. Rede de clientes internacionais

Os profissionais das Tradings Companies costumam ser bem ativos no mundo dos negócios: participam de feiras, missões empresariais, fazem abordagens pontuais e assertivas, estudam o mercado e encontram soluções.

É uma via de mão dupla: assim como com os fornecedores, procura-se criar uma carteira de parceiros confiáveis por meio de um bom networking internacional, pesquisa de mercado e estratégias de marketing.

6. Solidez econômica

Antes de tudo, constituir uma Trading Company exige um capital mínimo, um Certificado de Registro Especial e a assunção de responsabilidade e dos riscos envolvidos nas transações no exterior.

Há uma lista pública, atualizada constantemente de empresas que possuem o Certificado de Registro Especial no Brasil.

Para sua estruturação, a principal fonte de recurso é financeira (o capital mínimo deve ser de pelo menos R$ 748.466,66). Todos estes critérios corroboram com a necessária solidez econômica para atuar no mercado internacional.

eBook Processos de Importação

7. Planejamento para redução de custos

Há o cuidado de estudar o produto e o mercado de atuação.

Consolidando em apenas um único embarque a mercadoria de fornecedores distintos, simplifica o processo de Comércio Internacional. Dessa forma, reduz custo e burocracia, seja para desembaraço, demais custos alfandegários e até de fechamento de câmbio.

Como são empresas que possuem benefícios fiscais para IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), ICMS e Contribuições Sociais, também podem repassá-los a seus clientes.

8. Especialidade de mercado

É o tipo de empresa que tem suas especialidades, embora possa prospectar, comprar e vender praticamente todo tipo de produto que circula pelo mundo.

Costumam atuar fortemente em um determinado mercado (automotivo, farmacêutico, têxtil e tantos outros) e, conforme o relacionamento com seus clientes e fornecedores, agregar algumas coisas fora do seu escopo principal.

Ter foco em uma área faz com que elas se tornem profundas conhecedoras das características de uma família de produtos e todo o tratamento necessário por tipo de mercado – legislação e demais exigências.

Isso faz com que ofereçam um suporte seguro ao processo, seja de importação ou exportação, o que nem sempre um profissional generalista consegue dar.

comércio internacional

9. Profissionais qualificados

Ter certas especialidades e desenvolver negócios pautados em determinados mercados exige profissionais qualificados técnica e comercialmente.

Não são raros os produtos com especificidades e tratamentos administrativos que precisam de atenção e podem viabilizar ou não uma negociação.

Compradores e vendedores especializados, capazes de realizar boas negociações, e analistas técnicos poderão dar o devido suporte a cada etapa do processo.

Portanto, estar cercado de profissionais que entendem e têm segurança no que fazem aumenta a exatidão na escolha dos produtos e a segurança da operação.

Comumente fazem parte do corpo das Trading Companies: um contador, gestores que administram os negócios, equipe de comercialização e logísticas e os famosos traders. Esses profissionais formam verdadeiras pontes entre fornecedores e clientes, e conhecem os produtos, o mercado interno e externo e dão toda assistência devida para a viabilização dos negócios mais rentáveis possíveis.

10. Tecnologia aplicada para Trading Companies

Por fim, usar a tecnologia a favor dos bons negócios. Contar com um bom software de gestão empresarial, integrado e inteligente, que possua recursos que busquem eliminar falhas humanas por meio da automatização do maior número de atividades possível.

Desse modo, com a atenção nesses detalhes, usando o apoio dos recursos tecnológicos disponíveis, haverá o aumento da agilidade e de eficiência em todas as etapas em que a Trading Company esteja envolvida.

Em síntese, há a melhoria no gerenciamento das operações e a redução de riscos e custos, tanto para a Trading quanto para o cliente final.

Conclusão

Observadas as dicas e vantagens sobre as Tradings Companies, é válido reforçar a importância de sempre jogar às claras e avaliar se operar através desse tipo de empresa é adequado ao porte e às expectativas da sua.

Observadas as dicas e vantagens sobre as Tradings Companies, é válido reforçar a importância de sempre jogar às claras e avaliar se operar através desse tipo de empresa é adequado ao porte e às expectativas da sua.

Quer saber como o Conexos pode transformar a rotina da sua empresa com um sistema para comércio internacional completo e automatizado? Trazemos uma proposta de alavancar sua empresa em automação, reduzindo esforços intensivos e falhas humanas. 

O sistema também faz controle e acompanhamento, desde o pedido de compra ou venda até a chegada da mercadoria final, dando suporte a todos os setores da sua empresa de acordo com suas demandas.

Receba grátis o melhor conteúdo de COMEX!

Uma newsletter intuitiva e completa sobre comércio exterior e logística.

Adicionar Comentário