Saiba como elaborar um relatório de fim de ano para o setor de COMEX

Tempo de leitura: 3 minutos

Com a proximidade do fim do ano, é hora de compilar os resultados do período e de avaliar o desempenho da empresa. E, então, surge a pergunta: como elaborar um relatório consistente, capaz de apontar sucessos, vulnerabilidades e oportunidades?

Para compor uma resposta robusta, uma série de fatores devem ser considerados — e os principais estão neste conteúdo! Nele, você vai entender a importância dos relatórios anuais em COMEX e saber como formular excelentes documentos para relatar a operação internacional.

Além disso, também terá acesso a dicas valiosas a fim de obter êxito na apresentação das informações, proporcionando um alicerce mais sólido para estruturar o planejamento de 2018.

Preparado? Vamos em frente e boa leitura!

Por que elaborar um relatório anual pode ser um desafio em COMEX?

O cotidiano de uma empresa dedicada ao comércio exterior é bastante dinâmico e, em função das particularidades da área, também muito burocrático. Embora a operação diária já requeira uma forte capacidade analítica, é importante que todos os resultados sejam compilados e avaliados periodicamente, garantindo uma visão ampla e estratégica da performance do negócio.

Nesse contexto, a importância da elaboração (e da apresentação) de um relatório anual de COMEX fica cada vez mais evidente. A fim de acompanhar o desenvolvimento da empresa, bem como para avaliar o desempenho e/ou o custo de processos e ajustar eventuais desvios operacionais, é importante formatar dados integrados.

E lembre-se: a credibilidade das informações é fundamental para a qualidade da análise. Afinal, somente ao prover documentos coerentes e seguros, capazes de suportar definições gerenciais, é possível impulsionar o desenvolvimento da organização.

Como compor e apresentar um relatório consistente de COMEX?

Uma vez apontada a relevância do relatório anual na rotina estratégica de empresa voltada ao comércio internacional, é hora de partir à prática: como compor e apresentar uma documentação assertiva? Confira algumas dicas.

Prepare o material de apoio

Uma análise profunda e detalhada — tal qual deve ser o relatório anual de resultados — precisa de materiais que suportem e endossem as informações coletadas e as conclusões pontuadas.

Por isso, é importante que, ao produzir o documento, você se certifique de preparar e organizar o material de apoio, evitando quaisquer confusões numéricas ou estruturais.

Extraia dados seguros e completos

O segredo de bons relatórios anuais reside na qualidade das informações que os compõem. Afinal, somente ao contar com dados transparentes e críveis, que reflitam com exatidão o panorama operacional do negócio, é possível formular uma documentação eficaz.

Nesse âmbito, a tecnologia (e, mais especificamente, os sistemas de gestão) são aliados poderosos. A integração do software provê informações consistentes, claras e altamente aplicáveis.

E cuidado: caso o relatório anual contenha pareceres equivocados e/ou errôneos, os riscos são grandes — e podem, inclusive, ser fatais à perenidade da organização.

Revise as informações

Por fim, mas não menos importante, jamais deixe de revisar as informações do documento — ainda que todos os dados tenham sido extraídos de um ERP.

É importante que você assegure a correta organização e encadeamento das informações, facilitando a assimilação e tornando-as mais úteis às decisões pertinentes ao planejamento da empresa.

E lembre-se: para elaborar um relatório anual de COMEX, relatando as particularidades operacionais e abrindo um amplo campo de aperfeiçoamento, é essencial que você mantenha um pensamento analítico e estratégico.

O conteúdo foi útil e você deseja continuar recebendo as atualizações sobre o tema? Assine a nossa newsletter e fique por dentro das novidades!

Deixe uma resposta