Como escolher um despachante aduaneiro para os seus processos?

Tempo de leitura: 3 minutos

A entrada ou saída dos bens ou mercadorias transacionadas internacionalmente constituem uma etapa muito importante do comércio exterior. É justamente nesse momento que se destaca o papel exercido pelo despachante aduaneiro.

Esse profissional é essencial para a otimização dos processos de importação e exportação de bens, pois é responsável pela documentação necessária para a liberação dessas mercadorias junto à alfândega.

Se a sua empresa atua no mercado internacional e ainda procura por um bom despachante aduaneiro, pare de se preocupar. Neste post você aprenderá 5 dicas importantes que garantirão a escolha de um bom profissional! 

O que faz um despachante aduaneiro?

Atuando nos processos de importação e exportação, o despachante aduaneiro tem como principal função a formulação da declaração aduaneira. Esse é o documento necessário para a determinação do regime aduaneiro a ser aplicado e a consequente realização do desembaraço aduaneiro.

É importante ressaltar que, hoje em dia, o despachante aduaneiro não atua simplesmente na liberação das mercadorias junto à alfândega. Por trabalhar em um mercado extremamente exigente, um bom profissional deve conhecer toda a cadeia de produção e comercialização de seus clientes, atuando como um consultor de logística aduaneira.

Agora que você já sabe o quanto o despachante aduaneiro é relevante para o comércio exterior, veja cinco dicas importantes que devem ser consideradas durante a escolha do profissional que atuará para a sua empresa.

O que considerar na escolha do despachante aduaneiro?

Tendo em vista a importância do despachante aduaneiro para o comércio exterior, as empresas que comercializam no mercado internacional devem tomar alguns cuidados na escolha desse profissional.

1. Escolha por proximidade geográfica

É de suma importância considerar a proximidade geográfica da sua empresa com o escritório do despachante aduaneiro. Atualmente, a eficiência do serviço desse profissional está diretamente relacionada ao conhecimento que ele tem sobre todas as operações conduzidas em sua empresa.

A realização de reuniões presenciais podem ser necessárias — logo, quanto mais próximo melhor.

2. Analise a especialização profissional

A atuação como despachante aduaneiro requer do profissional um conjunto de conhecimentos específicos. Ele deve conhecer as normas e as leis que regem o comércio internacional.

Nesse sentido, é necessário privilegiar aqueles profissionais que tenham formação técnica ou superior em Comércio Exterior, pois esse curso oferece os conhecimentos técnicos necessários. Outro diferencial é o entendimento e a utilização de softwares especializados, que conferem eficiência à atividade aduaneira.

3. Procure profissionais experientes

Mesmo um profissional gabaritado, com formação acadêmica específica, deve ter experiência comprovada na área. De fato, a competência do despachante aduaneiro no cumprimento de suas funções somente é evidenciada por meio de sua atuação no mercado.

Logo, é muito importante analisar o histórico profissional, com atenção para os ramos de atividade das empresas que o despachante prestou serviços anteriormente.

4. Veja se o despachante tem uma estrutura própria

A estrutura que o despachante tem para prestar os serviços aduaneiros também é um grande diferencial. Você deve ficar atento à localização dos escritórios do despachante aduaneiro.

Esse profissional, normalmente, trabalha em aeroportos, portos e pontos de fronteira. Ao saber o local por onde suas mercadorias entrarão ou sairão do país, certifique-se de que o despachante aduaneiro escolhido por você ter um escritório nesse local.

5. Busque referências comerciais

De nada adianta seguir os passos anteriores se o profissional contratado por sua empresa para a realização de serviços aduaneiros não ter credibilidade junto ao mercado.

É extremamente importante obter referência comercial sobre o trabalho do despachante aduaneiro, além de considerar indicações realizadas por outras firmas importadoras e/ou exportadoras.

Escolher um despachante aduaneiro é uma grande responsabilidade, isso porque as atribuições desse profissional influem diretamente na rotina e nos resultados do negócio. No entanto, seguindo essas dicas, você conseguirá acertar na escolha.

Você tem mais alguma dica ou ficou alguma dúvida? Deixe o seu comentário aqui neste post!

Deixe uma resposta