Blog Conexos

Drawback Suspensão: entenda tudo sobre essa modalidade

Voiced by Amazon Polly

Existem alguns regimes especiais no Brasil que visam incentivar atividade de exportação e importação, um desses regimes, é o Drawback Suspensão.

O Drawback é responsável pela eliminação ou suspensão de tributos e impostos sobre materiais que serão utilizados para a fabricação de produtos com destino à exportação.

Caso você atue ou quer começar a atuar no comércio exterior, é importante entender a legislação, e como e quando esses regimes são aplicados. Assim, evita desperdício de tempo e dinheiro, fazendo de sua atuação na importação e exportação mais lucrativa.

Neste artigo vamos entender melhor como funciona a modalidade Suspensão do Drawback.

O que é Drawback de suspensão?

Fundado em março de 2010 o regime de Drawback suspensão, teve base na Lei no 11.945 de 2009, sendo instituído como um regime aduaneiro especial de apoio à exportação. Ele tem como característica principal a suspensão de tributos na importação ou obtenção em mercado interno de matéria prima destinada exclusivamente a produção de mercadorias que serão exportadas.

Nessa modalidade a desoneração tributária acontece antes da importação acontecer, e portanto, pode ser aplicada a todos os setores da economia, sem nenhuma distinção de beneficiário.

Mercadorias aceitas no regime suspensão:

  • Para emprego ou consumo na industrialização de produto a ser exportado.
  • Mercadorias para emprego em reparo, criação, cultivo ou atividade extrativista de produto a ser exportado.

Modalidades

Antes da exportação do produto final, a matéria prima importada ou obtida no mercado interno com o regime de suspensão, deverão ser submetidas a, pelo menos, um dos seguintes processos de produção:

  • Transformação: de matéria-prima ou produto intermediário gerando um novo bem. Ex.: tecido em camiseta;
  • Beneficiamento: modifica ou aperfeiçoa o funcionamento, utilização, acabamento ou aparência do produto. Ex.: de tecido cru para tecido tinto;
  • Montagem: de produto, peças ou partes que resulte em novo produto ou unidades autônomas. Ex.: partes e peças (chassis, motores, etc.) em automóvel;
  • Renovação ou recondicionamento: de produto usado ou parte remanescente de produto deteriorado ou inutilizado à renovação ou restauro do produto para utilização. Ex.: recondicionamento de máquinas industriais;
  • Acondicionamento ou recondicionamento: altera a apresentação do produto pela colocação de embalagem, exceto quando a embalagem for destinada exclusivamente ao transporte. Ex.: embalagens plásticas de alimentos para venda no varejo.

Como funciona o drawback suspensão?

  1. A empresa beneficiária assume junto ao Governo um compromisso de exportação.
  2. A Secretaria de Comércio Exterior (SECEX) autoriza a importação e/ou aquisição no mercado interno, com a suspensão dos tributos, após análise do pleito.
  3. Toda a operação é registrada na Internet por meio do Sistema Integrado de Comércio Exterior (SISCOMEX).

Quais os impostos suspensos no drawback?

Tributos que não são recolhidos na importação:

  • II;
  • IPI;
  • PIS;
  • COFINS;
  • ICMS;
  • AFRMM. 

No mercado nacional, os tributos suspendidos são: 

  • IPI;
  • PIS;
  • COFINS.

Habilitação de Usuário

A habilitação para o acesso ao Sistema Drawback Web será concedida aos representantes legais das empresas, autorizados a operar na exportação, não sendo necessária nenhuma providência para os atuais usuários habilitado no Perfil Exportador do Siscomex, a partir disso o importador poderá utilizar os benefícios do drawback.

Manuais do Drawback 

Está procurando um sistema para atender a legislação do drawback? O módulo drawback do Conexos Cloud foi desenvolvido para satisfazer aos controles necessários do Ato Concessório ou Drawback Integrado, atendendo as exigências legais desse incentivo e auxiliando o processo de compra, produção e venda de produtos. Também possui integração direta com todos os módulos do Conexos Cloud direcionados ao comércio exterior.

Gostou deste artigo? Se inscreva na newsletter para receber mais novidades.

Richard Marques

Receba grátis o melhor conteúdo de COMEX!

Uma newsletter intuitiva e completa sobre comércio exterior e logística.

Adicionar Comentário