Inteligência artificial nas empresas e o uso de robôs: saiba as vantagens!

Tempo de leitura: 7 minutos

A inteligência artificial nas empresas pode parecer um conceito distante e, muitas vezes, presente somente nas telas de cinema. Contudo, a realidade hoje é muito mais avançada do que parece. Esse tipo de técnica é frequentemente utilizado por instituições que têm uma cultura de avanços tecnológicos e inovação.

Com esse incentivo, uma nova era de transformação digital se encontra em grande expansão, tanto no ambiente corporativo quanto na vida pessoal. Por isso, os profissionais devem estar preparados para lidar com os avanços mais recentes e selecionar ferramentas que possam trazer benefícios reais às empresas, por meio da inteligência artificial nas empresas!

Continue a leitura deste artigo e confira mais informações sobre o tema!

O que são robôs?

O conceito de robótica assume muitas formas na mente das pessoas. Isso porque a cultura popular exerce papel importante na disseminação dessas ideias, tanto em filmes quanto em literaturas que abordam ficção científica.

Em termos simplificados, os robôs são máquinas programadas para desempenhar tarefas específicas. Eles podem ser aplicados em linhas de produção ou em locais impróprios para a presença humana. Alguns dos exemplos de máquinas inteligentes mais comuns são aplicadas em:

  • mineração e escavação;
  • resgate em locais isolados;
  • pesquisa submarina e espacial;
  • manipulação de materiais perigosos.

Porém, o significado de um robô em uma companhia pode ser diferente. Hoje existem ferramentas que emitem documentos fiscais, por exemplo. Basta que o banco de dados seja atualizado para que o robô, controlado por um sistema, realize a atividade que seria feita manualmente.

O que é inteligência artificial?

Esse conceito está relacionado ao desenvolvimento de um programa cuja inteligência se assemelha à humana, mas que tem capacidade de processamento imensamente maior. Trata-se de uma área da computação dedicada à resolução de problemas de forma ágil e focada em eliminar a incidência de erros.

As principais características desses sistemas são:

  • coleta de informações;
  • reconhecimento de padrões;
  • capacidade de raciocínio lógico;
  • aprendizado por meio das próprias experiências.

Embora os resultados sejam impressionantes, há uma limitação nesse tipo de tecnologia. A programação é feita com uma finalidade específica, ou seja, o desenvolvedor determina o conjunto de atividades a serem realizadas.

Um sistema programado para a análise de uma base de dados, por exemplo, não pode exercer funções que não estão presentes em seu código. Isso significa que há necessidade da intervenção humana para estabelecer as diretrizes da inteligência artificial.

Quais são as vantagens de investir nesse tipo de tecnologia?

A principal vantagem desse investimento de inteligência artificial nas empresas está na possibilidade de combinação com os sistemas de gestão já presentes na empresa. A emissão de documentos padronizados, por exemplo, pode ser parametrizada por um robô que executa as atividades que antes seriam manuais.

Essa medida possibilita extrair o máximo dessa tecnologia e otimizar a gestão do  tempo da equipe. Entre outros benefícios, é possível citar:

  • planejamento de processos;
  • funcionamento ininterrupto;
  • realização de análises e diagnósticos;
  • redução de erros e da intervenção humana;
  • execução de testes em um ambiente simulado e seguro.

Como aplicar o conceito de inteligência artificial nas empresas?

A construção de softwares inteligentes e robôs têm um caráter que visa melhorar a performance dos profissionais, e não substituí-los com o passar do tempo.

Um dos exemplos mais comuns se passa no cenário hospitalar. Frequentemente, médicos e cirurgiões têm o apoio de equipamentos para realizar cirurgias e obter diagnósticos mais precisos. Contudo, eles são instrumentos nas mãos de pessoas altamente qualificadas para oferecer soluções efetivas.

Já no ambiente empresarial, pode-se dizer que tanto os recursos robóticos presentes na indústria quanto as tecnologias de inteligência artificial têm conquistado espaço de modo positivo. Sua atuação consiste na busca constante por soluções e formas de automatizar os processos de trabalho.

A gestão de arquivos agora conta com a possibilidade de armazenamento na nuvem, o que economiza recursos importantes. Já existem aplicativos utilizados para agilizar a revisão de documentos e contratos, bem como para realizar traduções, se houver necessidade.

Essa tecnologia representa economia de tempo e libera o profissional para focar em aspectos estratégicos sem perder vista das tarefas cotidianas. No campo de relacionamento com o cliente e desenvolvimento de produtos, existem programas que registram o comportamento de compras online e recomendam itens para potenciais consumidores.

Qual será o papel dos robôs no futuro?

Importantes inovações também têm sido desenvolvidas no campo da robótica. Montadoras de veículos representam alguns dos segmentos industriais que mais contam com automatização nas suas linhas de produção.

Esse não é um fenômeno recente para a produção em massa de produtos. Porém, uma das novas tendências já anuncia que robôs não serão utilizados somente para fabricar carros, pois os próprios veículos serão autoconduzidos.

É uma realidade que promete reformular o setor de transportes e locomoção pessoal. Embora essa situação pareça futurística, já existem testes em andamento. Inclusive, a liberação do produto final pode estar próxima.

Já no presente, é possível contar com recursos que são fundamentais para a automatização de tarefas repetitivas nas organizações. Esse tipo de robô é projetado para funcionar de forma invisível, com o intuito de tomar decisões de acordo com a sua programação.

Dessa forma, a robótica está presente no âmbito empresarial como uma ferramenta intangível para a área administrativa. 

Quais são as tendências no mercado?

Em um mercado cada vez mais digital e informatizado, é preciso adaptar as empresas para atuarem de maneira eficiente. Um das inovações nesse sentido é a reformulação dos sistemas de Enterprise Resource Planning (ERP). Esse tipo de programa foi criado para integrar os processos de uma empresa em um único lugar, aumentando a visibilidade e o compartilhamento de informações.

Recentemente, as empresas contam com ferramentas mais atualizadas e utilizam o Intelligent ERP, também chamado i-ERP. A novidade fica por conta do foco no registro de dados sobre a operação e na transformação dessas informações em relatórios que são fundamentais para a tomada de decisão.

Desse modo, é possível combinar ações de marketing e relacionar com a performance da área de vendas. Essa tecnologia é conhecida por sua capacidade de aprender utilizando a programação de inteligência artificial nas empresas. Inclusive, já existem recursos compatíveis com robôs que são utilizados para reduzir a incidência de retrabalho, eliminar o erro humano e automatizar tarefas específicas.

Tanto a redução de custos quanto o aumento da produtividade são preocupações constantes na mente dos gestores. Com a implantação de sistemas da modalidade i-ERP, as organizações podem focar na experiência do cliente, reduzir custos operacionais e melhorar o desempenho da equipe.

A inteligência artificial nas empresas é um exemplo claro de como o futuro está mais próximo do que se pensava. Isso quer dizer que essa vantagem competitiva já está disponível para aprimorar estratégias de empreendimentos em todos os setores econômicos.

Inteligência artificial e robótica são assuntos muito relevantes nos dias atuais. Acesse agora o nosso módulo e conheça as soluções oferecidas por tecnologias que combinam sistemas de gestão e robôs.