Blog Conexos
retorno sobre investimento da inteligência artificial

Inteligência artificial: vamos falar de como obter retorno sobre investimento?

Os blogs e manchetes estão cheios de novidades sobre inteligência artificial (IA), dramatizando o fato de que os robôs irão assumir nossos empregos, curar o câncer e fazer a maior revolução industrial já vista pelo homem.

Vamos acabar com esse sensacionalismo e entender de fato como essa tecnologia está/será aplicada em nossas vidas?

No artigo de hoje, você vai entender que não são apenas as gigantes empresas que poderão desfrutar da IA. Contudo, precisamos entender que extrair valor real dela requer um bom planejamento antes mesmo de começar a usá-la.

Guarde essas três dicas de como conseguir o melhor retorno sobre investimento com a inteligência artificial!

Primeiro: como eu insiro a inteligência artificial na minha empresa?

Extrair valor da IA no mundo real não é tão simples como parece. Para conseguir ver ganhos aplicando esta tecnologia você precisará que sua organização desenvolva novas habilidades, criar um plano claro sobre como investir nessa ciência e definir claramente quais são os objetivos estratégicos que pretende alcançar junto dela.

Consegue perceber como integrar a IA em seu modelo de negócios é um problema estratégico muito mais complexo e que vai além de uma solução única e pré-definida?

O empenho das organizações é decisivo para o sucesso nesse mercado. E uma das boas práticas que elas devem adotar é a criação de equipes dedicadas à área.

Essas equipes devem se concentrar exclusivamente em divulgar as iniciativas do setor, extraindo usuários chaves otimizando sua atuação para ofertar o máximo de impacto construtivo e valor para a empresa.

É preciso ter cuidado em um ponto crucial: tecnologias subutilizadas. O que quero dizer com isso? Não basta escolher e implantar uma solução IA como um novo elemento brilhante e pomposo dentro da sua organização. A sua equipe de negócios e tecnologia tem que estar sincronizada desde o início da implantação, caso contrário você ganhará elevados gastos com tecnologias que não terão seu potencial aproveitado.

Os cases de sucesso, que realmente estão extraindo retorno sobre investimento da inteligência artificial, estabelecem objetivos estratégicos claros com alta participação de suas equipes de negócios, entregando sua execução aos profissionais que vivem e respiram dados e tecnologia.

É válido ressaltar que líderes com cargos como CIO, CDO e CTO têm a experiência, a mentalidade e a autoridade necessárias para moldar a cultura da corporação para a chegada dos dados como bem estratégicos.

Juntamente a eles deve estar um analista de dados experiente munido de objetivos de negócios claros, aparatos e suporte organizacional, todos necessários para o sucesso da implantação da IA na empresa.

São três palavras-chave: ferramenta, talento e mentalidade.

Terceirização e investimento em talentos

Tenha em mente que é impossível terceirizar a adoção de soluções de IA completamente. Isso porque cada empresa tem objetivos diferentes com essa iniciativa, então a melhor opção é adaptar sua equipe existente. Seus integrantes conhecem seu negócio por dentro e por fora e têm experiência e visão para darem boas sugestões da onde começar e da onde chegar.

A natureza robusta dos sistemas de inteligência artificial também significa que você precisará contratar especialistas dedicados a eles para orientes a direção certa e cobrir gaps de conhecimento que sua equipe possa ter.

Sabe o que isso quer dizer? As empresas devem começar a se preocupar, em curto prazo, sobre adquirir e reter talentos capazes de guiar este percurso.

Há escassez de profissionais experientes e com alto conhecimento na área que compete à inteligência artificial, além da competição por suas habilidades ser acirradíssima. Pense na contratação do talento certo e concentre-se em fazê-lo querer ficar dentro da sua empresa.

Mas não se esqueça de que para essas iniciativas serem bem sucedidas elas devem ser fruto do trabalho em equipe. O turn over requer “mãos experientes” e “sangue novo” misturados a habilidade de integração do gestor. Sua equipe não pode perder a energia!

Encontrar o parceiro ideal é fundamental para o ROI

Não há mais dúvida de que a inteligência artificial já vem e continuará transformando o cenário empresarial, não é a toa que no futuro 42% dos cargos que conhecemos podem desaparecer. O aprendizado automático será a bola da vez para a análise de quantidades de dados que humanos não suportariam.

Contudo grandes empresas que deram origem a plataformas como o IBM Watson, o Google Now, a Alexa e a Siri, ainda lutam para que as redes de computadores avançadas dos “cérebros” desses sistemas consigam combinar a capacidade de um ser humano na análise de situações.

Então como faço para que esses sistemas funcionem dentro da minha empresa se mesmo a Google ainda não tem total domínio da tecnologia?

Simples: encontre um parceiro de dados flexível, escalável e que possa te ajudar em todo o processo – analisando dados do passado e traçando os objetivos para o futuro. Ele será capaz de te auxiliar com as análises preditivas avançadas que possam dar sentido a enormes volumes de dados, seja prestando-lhe consultoria ou fornecendo-lhe a melhor ferramenta. Escolha com cuidado!

É hora de confiar na IA

Os fornecedores de software nunca param de lançar novas plataformas, soluções e atualizações de IA. Tudo porque as melhores empresas sempre querem refinar as experiências de seus clientes, produtos e serviços, trazendo para a sua área novos modelos de negócios. E é aí que percebem que precisam investir na inteligência artificial.

O que parecia ser um conceito futurista virou estratégia real e a postura de evitar a IA não é mais sustentável.

À medida que os recursos começam a se tornar escassos, é necessário aumentar as formas de diferenciação dentro do mercado. Tocando bem nesta dor é a inteligência artificial que poderá ser seu principal diferencial e atrair o melhor retorno sobre investimento do seu segmento para dentro do seu negócio.

E então? Gostou de como te apresentei o valor da inteligência artificial? É isso que vamos fazer no Blog da Conexos: oferecer informações reais para gestores que querem sair na frente e aplicar essa tecnologia dentro do comércio internacional.

Se inscreva na nossa jornada de artigos sobre o tema:

[cta id=”1088″ vid=”0″]

Receba grátis o melhor conteúdo de COMEX!

Uma newsletter intuitiva e completa sobre comércio exterior e logística.

Adicionar Comentário