Negociação internacional: o que levar em consideração?

Tempo de leitura: 3 minutos

Em um processo de negociação internacional, existem estratégias e cuidados que devemos considerar. Para tanto, as partes envolvidas precisam conhecer os processos, bem como realizar estudos para que o acordo seja benéfico para todos os envolvidos.

Ter conhecimento em comércio exterior é fundamental para garantir a qualidade das transações comerciais feitas com outros países. Todavia existem outros fatores que podem influenciar o seu negócio.

Quer saber o que considerar em uma negociação internacional? Então continue a leitura deste artigo!

Planejamento de negociação internacional

Para garantir o cumprimento correto das atividades, o planejamento é essencial. Assim, antes de qualquer ação de importação e exportação de mercadorias, você deve pensar nesse aspecto. Esta é uma boa oportunidade para levantar informações úteis sobre os envolvidos e, a partir disso, criar estratégias eficazes para garantir o fechamento do negócio.

Considere as despesas, o tempo de trabalho, a quantidade de mão de obra necessária e os processos logísticos. Não se esqueça de ficar atento às questões do câmbio, já que algumas negociações são feitas em moedas estrangeiras.

Fatores culturais

Mesmo em negociações realizadas no próprio país, as diferenças culturais são perceptíveis. Entretanto, no contato com estrangeiros, elas são ainda mais expressivas. Primeiro, por serem línguas, culturas, costumes e gostos distintos. Segundo, por se tratar de um cenário completamente novo, no qual um simples erro pode ser fatal.

O ideal é pesquisar o mercado, os hábitos de negociação mais comuns, se é viável oferecer um jantar ou mesmo um brinde. Além disso, os aspectos comportamentais, apesar de subjetivos, também devem ser observados com critério em uma negociação internacional.

Por isso, pode ser interessante conversar com pessoas que já fizeram alguma negociação naquele país, ou mesmo contar com o auxílio de uma assessoria especializada.

Questões legais e tributárias

Por fim, tenha consciência de que cada país tem liberdade de tributação de produtos estrangeiros, logo, eles têm normas e procedimentos diferentes. Também existem os acordos e embargos internacionais, que podem tanto facilitar como complicar a negociação internacional.

Desta forma, preste muita atenção aos processos burocráticos que você terá que enfrentar para garantir o fechamento do negócio. Identifique as normas, acordos, embargos e quais os impostos a pagar.

Seguindo esses passos, você evitará surpresas desagradáveis após o fechamento do negócio, inclusive com o cancelamento do mesmo.

Conhecimento acerca do parceiro de negócio

Para criar uma aproximação com a empresa ou pessoa com a qual você pretende negociar, você deve procurar conhecê-la. Uma boa ideia é buscar respostas para perguntas como:

  • missão, visão e valor da instituição;
  • segmento de mercado;
  • faturamento anual;
  • quadro societário e de colaboradores.

De posse dessas informações, fica mais fácil negociar, já que você pode adaptar as suas estratégias de acordo com as necessidades e objetivos do seu parceiro. Sem dúvidas, as chances de sucesso são bem maiores dessa forma.

Apesar da burocracia que envolve o processo de negociação internacional, ao seguir essas dicas, você consegue garantir maior segurança para sua empresa. Além disso, existem alguns softwares de gestão que podem tornar esta tarefa mais simples e ágil — os chamados i-ERP, pois eles utilizam recursos de inteligência artificial.

Gostou do artigo? Então acompanhe nossos conteúdos pelo Facebook! Basta curtir a página para receber as novidades diretamente no seu feed de notícias.